Cadastre-se grátis
Receba novidades do CADguru: [x] Fechar
Prefere as mídias sociais? Acompanhe o CADguru:

Como iniciar e desenvolver modelos de veículos em 3D

Postado em: 24/01/2014 Nenhum comentário

Quer algumas dicas sobre como começar a desenvolver modelos de veículos? Então, encontrou o artigo certo. Meu objetivo é incentivar pessoas que tenham interesse na área de Design, que está em crescente desenvolvimento. O mercado de trabalho está precisando cada vez mais de pessoas habilitadas e com dom para desenvolver e criar modelos, não só de carros, mas também de pessoas, objetos pessoais, jogos, animações, vinhetas de comerciais, filmes com efeitos especiais e tantos outros exemplos.

Neste mercado, paga-se bem por profissionais que têm estas capacidades. E não é a toa, esta profissão especial oferece a possibilidade de fazer com que qualquer coisa que esteja na mente de uma pessoa se transformar em algo real. Para desenvolver e modelar existem várias formas de representar um veículo. Vou citar três, onde as duas primeiras são mais comuns e a terceira é a que normalmente grandes empresas fazem.

Desenhando um carro – opção 1:

Para começar, o ideal é ter dom para desenhar esses modelos em 2D, quer dizer, desenhados à mão mesmo. O primeiro passo realmente é desenhar.

Normalmente aprendemos mesmo e para valer em cursos de desenho oferecidos online, em bancas de jornal ou até mesmo em cursos profissionais, como por exemplo, ao contratar um professor ou procurar uma escola que ensine a desenhar. Vale ressaltar que é treino que vai permitir que você se torne fera em desenhos 2D. Olhar desenhos prontos de carros em revistas, jornais ou sites pode facilitar o treino.

Não que isso seja obrigatório para construir carros em volume, que é o caso dos desenhos 3D, mas você vai precisar de perfis de carros em sua mente, ou então, a solução é baixar, comprar ou adquirir de alguém que o desenhou. Esses perfis são em 2D e, geralmente, feitos no papel à mão.

Além de saber desenhar é importante que esses perfis sejam digitalizados para que sejam usados em seu computador, pois, a partir deles, precisamos dar uma pincelada para deixá-los mais visíveis, colocar algum detalhe em escala ou adicionar mais desenhos dentro do mesmo para enriquecer na hora de elaborar o 3D. Esse processo é bem legal e precisa de conhecimentos de softwares de edição de imagens.

Esses perfis que eu disse há pouco são vistas do desenho de posições em volta do carro. Então, teremos pelo menos duas ou três imagens do carro. Uma perfeitamente alinhada com a outra. Por exemplo, você precisa desenhar a parte da frente do carro, em outra a parte de trás e outra dos lados. Essas três imagens devem estar simetricamente desenhadas. Entende? Aconselhamos então você a pesquisar sobre Blueprints de carros, naves, aviões, barcos… você vai sacar o que dissemos há pouco.

Os softwares mais indicados para desenhos em 2D são: Photoshop, CorelDraw, Jask Paint Shop, InDesign, Illustrator, Inkscape, Gimp, Pixlr, Paint.NET, AutoStitch, Microsoft Research Group Shot, dentre muitos outros. Além da opção de você usar o papel para desenhar, também pode fazer nestes softwares diretamente. Inspire-se nesse camarada aqui, ele é o cara do Pixel, chamado de Pixelgod e manja tanto de desenhos à mão quanto por pixels. Veja o que ele faz com o programa simples do Windows, o Paint:

Veja o Carro Montado pelo Paint do Windows by Pixelgod

Veja estes vídeos do Pixelgod, que mostram na íntegra o processo de modelar dois tipos de carros:

Caso queira se especializar em desenho direto nos softwares, você pode dominar o mouse ou utilizar ferramentas como Tablet ou mesa digital. Eu tenho uma mesa digital e utilizo bastante. Procure por uma mesa digital, encontre um fornecedor como a Wacom e conheça essa ferramenta muito boa! Existem vários bons modelo de mesa digital para se trabalhar, não precisa ser necessariamente da Wacom, mas vale a dica. Logo abaixo posto uma tentativa minha de desenhar usando os programas de edição de imagem que trabalho com mesa digital. Eu tive o Pixelgod como inspiração para fazer até esta etapa:

Veja um Modelo Desenhado por Mesa Digital by Daniel Henrique

Veja um Modelo de Pintura do Carro e Grade do Motor by Daniel Henrique

Veja um Modelo de Pintura Semi Pronta do Carro by Daniel Henrique

Veja um Modelo de Efeitos Básicos da Frente do Carro by Daniel Henrique

Veja um Modelo de Aplicação de Blur no Modelo by Daniel Henrique

Lógico que eu não tenho o mesmo dom, mas arrisquei a desenhar e fiquei bem feliz com os resultados, mesmo que tenham ficado fora da proporção. Mas valeu pela experiência e pela tentativa.

Desenhando um carro – opção 2:

Quando se trata de um ambiente em que vai trabalhar toda a volumetria em 3D existem muitos softwares que dão conta do assunto. O ideal é se qualificar para poder mexer nesses programas com facilidade. O processo é bem legal de se trabalhar! Muito bom, mesmo. A criação dessa volumetria pode ser feita baseada em Blueprints do carro e modelando através das curvas desenhadas nele, ou, se tiver o dom de desenhar diretamente no ambiente em 3D, porém, é um método que exige mais prática.

Os softwares mais indicados para desenhos em 3D são: 3ds Max, Maya, Revit, AutoCAD, SolidWorks, SketchUp, Inventor e por aí vai. Veja umas fotografias encontradas na busca do Google sobre modelagem de carros em programas como o 3ds Max:

Veja Imagem de Ford Mustang GT500KR no 3ds Max tirada do Google

Veja Imagem de um Fusca no 3ds Max tirada do Google

Veja Carro Conceito Feito no 3ds Max Parte de Frente tirada do Google

Veja Veja Carro Conceito Feito no 3ds Max Parte de Trás tirada do Google

Desenhando um carro – opção 3:

Você também poderá se especializar em modelagem física pra depois passar para o computador. As maiores empresas de carros, animação, filmes, comerciais e por aí vai, contratam pessoas que modelam objetos no barro, argila, durepox, isopor, montando primeiramente uma escultura perfeita do que se deseja.

Existem hoje muitos scanners a laser que escaneiam o modelo para ser usado em programas em 3D, como os que comentamos acima. E depois são feitos os detalhes para deixar as superfícies adequadas, cores, efeitos de materiais como pintura, cor do pelo do personagem e por aí vai. Esses scanners podem ser adquiridos por qualquer pessoa para atender o tamanho e porte do carro moldado “in-loco” (modelagem feita com argila…). Existem muitos modelos comerciais, como é o caso da HP, que lançou uma multifuncional que além de imprimir documentos e fotos, escaneia folhas de papel e objetos modelados com limite de largura, altura e comprimento.

Veja logo abaixo algumas fotos de modelos de personagens de animação e também a maneira que as empresas de carro modelam seus conceitos para a fase final de design:

Veja Sid do Filme Era do Gelo Modelado no Durepox fotos do Google

Carro Conceito Sendo Modelado na Argila fotos do Google

Grupo da BMW Modelando Carro Conceito

Para finalizar…

Basta você criar o modelo à mão (seja desenhando ou utilizando o barro), passar por computador em um software 3D, terminar os detalhes e refinar através de edição de imagens! Perceba que os mais viáveis são os dois primeiros caminhos que citei.

Espero que vocês tenham gostado deste artigo e aproveitem para aprender cada vez mais. Se tiverem interesse em crescer na carreira de Design 2D e 3D, não deixem de fazer os cursos gratuitos que o CADguru oferece nas áreas de AutoCAD3ds Max e Revit.

Sobre o autor:

Daniel Henrique Arantes Graduando em Engenharia Civil, com mais de 10 anos de experiência em AutoCAD, desde então trabalhando com projetos de desenhos, maquetes eletrônicas utilizando softwares como REVIT, 3ds Max e AutoCAD. Experiência profissional em escritório de Engenharia Civil e Arquitetura. Nas horas vagas, como hobby, utiliza o 3D Max Studio para fazer animações 2D e 3D.
Leia mais

Leia também

Comentários (0):