Cadastre-se grátis
Receba novidades do CADguru: [x] Fechar
Prefere as mídias sociais? Acompanhe o CADguru:

Aprenda a fazer a compensação do desgaste da ferramenta durante o processo de usinagem

Postado em: 04/12/2013 Nenhum comentário

As funções de compensação de raio da ferramenta foram desenvolvidas para facilitar a programação de determinados contornos, sejam eles internos ou externos.Através dessa compensação pode-se fazer uma programação de máquina, seguindo rigorosamente as dimensões especificadas no desenho, sem ter a mínima preocupação com o raio da ferramenta durante a programação.

É justamente essa a função dos códigos de compensação, eles seguem uma base de cálculos onde o programador executa a peça nas dimensões nominais do desenho e, por meio de cálculos, a própria máquina CNC define o caminho correto de usinagem, cálculos estes feitos com base em dados que são especificadas na página de “OFFSET” da sua máquina CNC.

Exemplo de como a ferramenta se comporta com compensação e sem compensação

Compensação de raio da ferramenta

Para se trabalhar com compensação de raio da ferramenta são utilizadas as funções G 40, G 41 e G 42,, onde cada uma delas tem significado e função específicos, sendo eles:

  • G 40 – Cancela a compensação do raio da ferramenta.
  • G 41 – Compensa a ferramenta à esquerda do material a ser usinado.
  • G 42 – Compensa a ferramenta à direita do material a ser usinado.

Exemplo de compensação com G 41 e G 42

Para que a compensação do raio da ferramenta seja feita de maneira correta, temos que ter em mente algumas regras que, se não forem definidas corretamente, a compensação não funcionará:

  • Prestar atenção na forma como será descrito no programa a sintaxe de compensação, sendo que para ativar precisamos de: G 41 (X__) (Y__) (Z__) ; G 42 (X__) (Y__) (Z__) e para cancelar a compensação precisamos de: G 40 (X__) (Y__) (Z__).
  • Para que a função de compensação de raio saiba qual é o valor aproximado do raio da ferramenta, deve-se programar o código “D” com o número do corretor de raio da ferramenta no cabeçalho do programa.
  • O plano de trabalho (G 17, G 18 ou G 19) deve ser definido antes de programar as funções G 41 ou G 42.
  • A compensação de raio da ferramenta é válida somente para as funções G 00, G 01, G 02 e G 03.
  • O posicionamento inicial e final da compensação só poderá ser feito através das funções G 01 e G 02, nunca pelas funções G 02 e G 03.

exemplo de um programa CNC com compensação de raio de ferramenta

Seguindo corretamente esses passos e estando atento a certos detalhes, as funções de compensação são de muita utilidade para os programadores, pois são responsáveis por calcular automaticamente o verdadeiro caminho que a ferramenta deverá seguir durante o processo de usinagem, diminuindo a quantidade de cálculos que o programador deverá fazer.

Sobre o autor:

Rafael Mascarenhas Projetista de ferramentas e Programador de máquinas CNC há mais de cinco anos. Ambas as funções realizadas com auxílio de softwares de CAD e CAM, tais como SolidWorks, NX, AutoCAD, SolidCAM, EdgeCAM, entre outros. Cursando ensino superior em Engenharia Mecânica.
Leia mais

Leia também

Comentários (0):