Cadastre-se grátis
Receba novidades do CADguru: [x] Fechar
Prefere as mídias sociais? Acompanhe o CADguru:

Autodesk InfraWorks 2014: acelere projetos de infraestrutura e simplifique a tomada de decisões

Postado em: 14/01/2014 Comentários (5)

Uma das principais apostas da Autodesk para o ramo de infraestrutura é o Autodesk InfraWorks, que oferece aos usuários uma melhor interação entre o projetista e o local onde será desenvolvido o projeto, fazendo com que este consiga acelerar o processo de projeto e simplificar a tomada de decisões.

infraworks

O Autodesk InfraWorks 2014:

O Autodesk InfraWorks 2014 é uma solução criada no intuito de auxiliar os usuários a gerar visualizações de modelos tridimensionais de projetos de infraestrutura, permitindo ao usuário acelerar o processo de projeto e a tomar decisões facilmente a partir da análise de diversos cenários de um mesmo projeto.

infraworks 2014

Projeto de Infraestrutura sendo desenvolvido no Infraworks. Fonte: Site da Autodesk

Na imagem acima, podemos visualizar um típico projeto de infraestrutura envolvendo a construção de estradas, onde o projetista poderá criar diferentes cenários para avaliar qual das propostas de traçado das estradas se adéqua melhor as necessidades do projeto. Já que tocamos neste assunto, referente a projetos de rodovias, abaixo apresentamos uma imagem onde é possível visualizar a utilização de ferramentas exclusivas do Infraworks para este tipo de projeto de infraestrutura.

ferramentas para projetos de rodovia

Ferramentas para projetos de estradas e rodovias do Infraworks. Fonte: Site da Autodesk.

Outro ponto forte do Autodesk InfraWorks 2014 é que este software possibilita a integração com outras ferramentas muito utilizadas em projetos de infraestrutura, como por exemplo, o AutoCAD Civil 3D, o AutoCAD Map 3D e o Revit, fazendo com que várias etapas de projetos de infraestrutura possam ser desenvolvidas, analisadas e apresentadas aos clientes com extrema facilidade.

Ainda não temos em nosso escopo de cursos o InfraWorks 2014, porém, mais informações referentes a este software poderão ser encontradas no site da Autodesk. No entanto, possuímos uma excelente gama de cursos gratuitos que podem ser realizados em nosso portal e que serão necessários para um melhor aprendizado em InfraWorks 2014, que são os cursos de AutoCAD Civil 3D e Map 3D e Revit. Acesse, aprenda e comece a a trabalhar com estas importantes ferramentas voltadas para projetos de infraestrutura.

Muito obrigado pela atenção e até a próxima!

Sobre o autor:

Rafael Colucci Professor universitário, iniciou seus estudos envolvendo o AutoCAD nos meados de 2001 ainda na versão R14, vindo a conhecer o Civil 3D em 2010, utilizando o como ferramenta para elaboração de projetos necessários em sua dissertação de Mestrado. Desde então é um profundo apaixonado deste software, tendo trabalhado em projetos de Estudos Ambientais e Rompimento de barragens (DAMBREAK).
Leia mais

Leia também

  1. Eduardo Isidoro em 30/05/2016:

    Já tem a previsão de quando será lançado o curso de infraswork? E o revit para integração com o civil 3D, MAP.?

    Responder
    • CADguru em 31/05/2016:

      Olá Eduardo,

      Muito obrigado pela sua sugestão, são sempre bem-vindas. Ainda não temos previsão para criação deste curso, mas vamos analisar. Sugira este e outros cursos através de nossa pesquisa: Sugestões. Com base nas solicitações dos usuários novos cursos serão criados.

      Estamos á disposição.

      Responder
  2. Érico Oliveira em 11/04/2014:

    Rafael, alguma previsão para sair um curso de Infraworks? Abs.

    Responder
    • CADguru em 13/04/2014:

      Olá Érico,

      Muito obrigado pela sua sugestão, são sempre bem-vindas. Ainda não temos previsão para criação deste curso, mas vamos analisar. Sugira este e outros cursos através de nossa pesquisa: Sugira . Com base nas solicitações dos usuários novos cursos serão criados.

      Atenciosamente.

      Responder
  3. cristiano em 05/03/2014:

    a mia pergunta e como nos da angola podemos adquirir curso que nos desejamos…

    Responder

Comentários (5):