Cadastre-se grátis
Receba novidades do CADguru: [x] Fechar
Prefere as mídias sociais? Acompanhe o CADguru:

Comando Align no AutoCAD Civil 3D – Facilidade de Um Comando Especial

Postado em: 13/08/2012 Nenhum comentário

Assim como a maioria dos usuários do Civil 3D, comecei meus trabalhos utilizando o AutoCAD, no meu caso, a versão R14. Conheci vários comandos, porém um nestes 11 anos trabalhando com os softwares da Autodesk considero especial, o comando Align. Neste artigo venho falar deste comando e o por que considero ele tão interessante.

Para poder explicar com mais detalhes vou contar a vocês um pouco da minha experiência com AutoCAD. Iniciei em 2002 um estágio em um grupo de eletroeletrônica e instalações, na Universidade Federal de Itajubá, recém formado no SENAI, tinha 17 anos e nunca tinha tido contato com o AutoCAD, tinha algumas noções de desenho técnico, mas como meu professor na época disse, meu desenho com as mãos era tão bom quando a seleção da Malasia no futebol.

Como, basicamente, os projetos trabalhados nesse grupo eram plantas de projetos elétricos, o trabalho era simples e se resumia em traçados de linha, utilização de copy, move, offset e array. Para mim aquilo era especial, porque conseguia desenhar com velocidade e precisão e logo me destaquei na área, sendo oferecido para mim a oportunidade de ensinar alunos de engenharia que ainda não conheciam este software.

Os anos passaram, fiquei um ou dois anos sem atuar com o AutoCAD e entrei no Mestrado, em Engenharia da Energia, para trabalhar em um grupo de estudos em inundações, coisa que sempre ocorre na cidade onde moro. E neste grupo tive a oportunidade de trabalhar com uma das pessoas que mais entendem deste software. Neste grupo o trabalho era totalmente diferente do que eu estava acostumado, mas como conhecia bem o AutoCAD não tive dificuldades em entender o funcionamento, já que a maioria dos trabalhos se resumiam a aplicações de polylines e uso de comandos, coisa que hoje vejo e penso, por que não aprendi a trabalhar com o Civil 3D um ano antes?

Como encontrei o comando Align?

Os problemas começaram a surgir quando precisávamos trabalhar com escalas! Era um problema encontrar o fator de escala corretamente, e o simples trabalho para georreferenciar uma carta topográfica era gigante. Você tinha que encontrar um ponto em comum entre a carta e as coordenadas do local, e após movê-la para este ponto era necessário utilizar o comando scale, e sinceramente, até hoje não gosto de usar.

Foi então que este meu amigo me disse: Utilize o comando Align! Lembro me de dizer a ele “Alaine”?

Como não consegui entender o processo, ele veio ao meu computador e me mostrou como fazia, e a partir de duas coordenadas que você inseria utilizando o comando line, a carta topográfica se movia, era escalonada no tamanho real e ainda girava se necessário. Pra mim aquilo era praticamente mágica, e passei a utilizar o comando em imagens de satélite pra ver se funcionava, e tudo dava certo. Um erro ou outro aconteciam por causa de utilizar coordenadas com milímetros de diferença, mas aquilo já bastava.

Foi a partir desse comando que aprendi a georeferenciar uma carta com facilidade, e trouxe a vocês essa forma de trabalho no Curso Básico de AutoCAD Civil 3D , onde espero que este comando traga a vocês uma forma facilitada de trabalhar com projetos georeferenciados.

Comando Align

Aprenda o comando Align

Se você ainda não viu esta aula, aproveite e visite o módulo 4: Trabalhando com Desenhos Georreferenciados no Civil 3D, do nosso curso, e aprenda esta forma fácil e precisa de trabalhar com desenhos georreferenciados.

Vejo vocês nos próximos artigos.

Sobre o autor:

Rafael Colucci Professor universitário, iniciou seus estudos envolvendo o AutoCAD nos meados de 2001 ainda na versão R14, vindo a conhecer o Civil 3D em 2010, utilizando o como ferramenta para elaboração de projetos necessários em sua dissertação de Mestrado. Desde então é um profundo apaixonado deste software, tendo trabalhado em projetos de Estudos Ambientais e Rompimento de barragens (DAMBREAK).
Leia mais

Leia também

Comentários (0):