Cadastre-se grátis
Receba novidades do CADguru: [x] Fechar
Prefere as mídias sociais? Acompanhe o CADguru:

Estampos de repuxo: o que são, para que servem e quais as principais operações

Postado em: 26/11/2013 Comentários (2)

Uma ferramenta de estampagem que é conhecida por ser consideravelmente mais complexa de ser fabricada é a ferramenta de repuxo. Ela é muito conhecida por sofrer muitas alterações em seu produto final, depois de passar pelo seu processo de conformação, ou seja, esse processo de fabricação não respeita muito os cálculos definidos anteriormente na etapa de projeto.

Os estampos de repuxo têm a finalidade de transformar chapas planas em perfis côncavos e convexos profundos e são bastante utilizados para a fabricação, principalmente, de peças para automóveis.

Estampo de REPUXO

Estampo de REPUXO

O processo de repuxo geralmente exige uma deformação plástica muito grande do produto a ser deformado, sendo que temos que usar uma chapa específica para operações de repuxo. Na maioria das vezes, temos que fazer com que o produto passe mais de uma vez pelo mesmo processo de usinagem até chegar no resultado desejado.

As peças repuxadas podem ser obtidas através de estampos, ou repuxadas em tornos próprios para repuxo de recipientes cilíndricos, como baldes e bacias de alumínio.

Componentes para fabricação das ferramentas de repuxo:

Igualmente aos estampos de corte, os dados técnicos das ferramentas de repuxo também são definidos com o auxílio de cálculos e tabelas, que são especificados na fase de projeto da sua ferramenta de repuxo. Mas, os estampos de repuxo não são definidos apenas por um punção de uma matriz e por uma chapa. Existem muitos outros componentes para a fabricação dessa ferramenta, onde podemos citar:

  • placa superior
  • placa inferior
  • placa de choque
  • réguas guias
  • placa guia
  • parafusos
  • pinos guia
  • molas
  • placa extratora
A fabricação de panelas por meio da operação de repuxo

Fabricação de panelas

Todos os estampos de repuxo, sejam eles simples, combinados ou progressivos, devem ter como um dos principais valores um componente que é denominado prensa-chapa, pois é este componente que apoia com a ação de molas a chapa que será repuxada na matriz, evitando assim rugas e ondulações no produto durante a operação de fabricação.

Ilustração de uma operação de repuxo com imperfeições

Estampo de REPUXO com imperfeições

Outro fator importante das ferramentas de repuxo é o extrator do produto, que com a ajuda do prensa-chapa ajuda a mantê-lo plano durante o processo de repuxo, além de exercer sua função, que é extrair o produto da matriz depois de ter sido repuxado.

Estas são as principais características das ferramentas de repuxo que são utilizadas, principalmente, na confecção de peças côncavas e convexas profundas, como por exemplo, na fabricação de copos e panelas. É uma operação de usinagem muito difícil de ser definida, por requerer uma grande deformação plástica da chapa a ser conformada e, desta forma, não respeita muito os cálculos definidos para a confecção dessa ferramenta.

Sobre o autor:

Rafael Mascarenhas Projetista de ferramentas e Programador de máquinas CNC há mais de cinco anos. Ambas as funções realizadas com auxílio de softwares de CAD e CAM, tais como SolidWorks, NX, AutoCAD, SolidCAM, EdgeCAM, entre outros. Cursando ensino superior em Engenharia Mecânica.
Leia mais

Leia também

  1. NEEMIAS LOPES em 29/06/2014:

    boa tarde para repuxar um balde de alumínio com diam. de 250 m.m de bocal x 200 m.m de altura e 160 m.m de fundo da pra repuxar de uma só vez obrigado

    Responder
    • CADguru em 01/07/2014:

      Olá Neemias,

      Atualmente não disponibilizamos de suporte para dúvidas técnicas. No entanto criamos um fórum exclusivamente para interação entre os usuários. Por gentileza, coloque sua dúvida técnica acessando: fórum, para que tanto os usuários, como a equipe CADguru e os autores dos cursos possam responder. Fique a vontade para compartilhar seus conhecimentos respondendo as perguntas dos outros usuários.

      Atenciosamente.

      Responder

Comentários (2):