Cadastre-se grátis
Receba novidades do CADguru: [x] Fechar
Prefere as mídias sociais? Acompanhe o CADguru:

Importação e modificação de documentos no Solid Edge ST5

Postado em: 29/05/2013 Nenhum comentário

A situação atual do CAD

Atualmente temos diversos programas de modelamento mecânico 3D com qualidades reconhecidas pelo mercado, como o SolidWorks, Solid Edge e Inventor, cada qual com seus pontos fortes e fracos.

Esta diferença de características entre os programas faz com que as empresas utilizem softwares distintos entre elas, por necessitarem de características que algum programa oferece a ela.

A integração de projetos

Muitas vezes os projetos não se limitam a apenas uma empresa, uma vez que cada vez mais as empresas tomam por opção a horizontalização de seus processos.

Assim em um projetos de grande complexidade, diversos modelos virtuais são gerados em diferentes lugares, e o mais provável é que eles sejam feitos em softwares distintos.

A importação de arquivos

Como a maioria dos programas de CAD Mecânico 3D (SolidWorks, Solid Edge, Inventor) trabalham com o Kernel Parasolid, os arquivos gerados neles são intercambiáveis, mas nem sempre conseguimos realizar modificações nos modelos importados.

Essa impossibilidade de modificação de deve principalmente à forma de construção dos modelos, onde a forma do objeto é gerada usualmente pelo histórico de recursos ligados a esboços e planos.

O diferencial do Solid Edge

O Solid Edge a partir da incorporação da tecnologia síncrona na versão ST1, possui a possibilidade de modificar modelos sem utilizar histórico de projetos, utilizando as intenções de projeto, o volante e as regras ativas.

Essas características possibilitam “arrastar” faces e furos através do modelo, seguindo padrões reconhecidos automaticamente pelo Solid Edge. Os padrões podem ser controlados através das regras ativas, que fornece grande controle na modificação.

modificando posicionamento furos Solid Edge

Modificando posicionamento de furos de peça importada no Solid Edge

O Volante

As modificações no modo síncrono são feitas através da interação com o volante. Ao clicarmos em uma face ou aresta, aparece um volante com as setas para deslocamento linear, e um círculo que possibilita a modificação angular da peça. Com pouco tempo de experiência conseguimos entender como utilizar corretamente o volante, por ser uma ferramenta muito intuitiva.

Volante Solid Edge Steering Wheel

As regras ativas

Para identificar a intenção das modificações o Solid Edge utiliza as regras ativas que estão descritas na imagem abaixo.

Regras ativas Live Rules Solid Edge ST5

No controle das modificações utilizamos as relações presentes nas regras ativas, por exemplo se quisermos que furos continuem no mesmo plano, mantemos a opção de manter eixos coplanares ativa, e assim o Solid Edge entenderá nossa intenção.

Potencial do Solid Edge

Nunca temos a certeza de que nossos parceiros de projeto irão utilizar o mesmo sistema de modelamento que o nosso. Muitas vezes a possibilidade de modificarmos e melhorarmos um documento importado é algo impactante no projeto final.

Nestes casos a utilização do Solid Edge ST5 pode ser uma boa saída, por não se ater ao histórico de projeto, agilizando modificações e eliminando problemas de reconstrução de modelo.

Se você gostou do Solid Edge e deseja aprender mais sobre, conheça nosso Curso Básico de Solid Edge ST5.

Leia também

Comentários (0):