Cadastre-se grátis
Receba novidades do CADguru: [x] Fechar
Prefere as mídias sociais? Acompanhe o CADguru:

Rugosidade em superfícies usinadas

Postado em: 25/05/2016 Nenhum comentário

A rugosidade é determinada em qualquer superfície que apresenta em seu processo de fabricação uma operação de remoção de material, seja serrar, limar, plainar, furar e etc., além dos processos de conformação, como laminação, extrusão, estampagem e demais.

Rugosidade

A rugosidade desempenha um papel importante no comportamento dos componentes mecânicos, onde ela influi principalmente nos seguintes itens:

  • Qualidade de deslizamento
  • Resistência ao desgaste
  • Possibilidade de ajuste com acoplamento forçado
  • Resistência oferecida pela superfície ao escoamento de fluidos e lubrificantes
  • Qualidade de aderência que a estrutura oferece às camadas protetoras
  • Resistência à corrosão e à fadiga
  • Vedação
  • Aparência

É muito importante saber que partes de um sistema mecânico que trabalham em contato, sob determinado carregamento, durante um certo período de tempo acabam sofrendo desgaste. Nos rolamentos e engrenagens temos um tipo particular de desgaste que é aquele causado pela fadiga de contato, que ocorre em componentes submetidos a altas pressões cíclicas de carregamento.

Medição da rugosidade

Causadores da rugosidade

A grandeza, a orientação e o grau de irregularidade da rugosidade podem indicar suas causas, que, entre outras, são:

  • Imperfeições nos mecanismos das máquinas-ferramenta
  • Vibrações no sistema peça-ferramenta
  • Desgaste das ferramentas
  • O próprio método de conformação da peça

Para a avaliação da rugosidade devemos levar em consideração normas regulamentadoras. Segundo a norma NBR 6405/1988, temos os seguintes parâmetros de rugosidade:

  • Comprimento de amostragem (cut-off)
  • Comprimento médio de 5 medições
  • Comprimento total de medição
  • Comprimento para atingir a velocidade de medição
  • Comprimento para parada do apalpador

Aparelho de medição da rugosidade

O rugosímetro é um dos instrumentos utilizados para medir a rugosidade. O funcionamento do rugosímetro consiste, basicamente, em fazer percorrer a superfície da peça com um apalpador que possui um sensor que o toca. O apalpador é acionado por um sistema mecânico que lhe permite movimentar-se para a frente e para trás, visando fazer a varredura da superfície da peça.

Rugosimetro

 

Os parâmetros de rugosidade devem sempre estar de acordo com os critérios pré-determinados para cada tipo de trabalho e consequentemente para cada processo de fabricação. Esse acabamento superficial é de extrema importância no universo da mecânica, devendo ser levado em consideração e seguido a risca, seguindo as determinações especificadas tanto pelo cliente quanto pelas normas regulamentadoras.

Sobre o autor:

Rafael Mascarenhas Projetista de ferramentas e Programador de máquinas CNC há mais de cinco anos. Ambas as funções realizadas com auxílio de softwares de CAD e CAM, tais como SolidWorks, NX, AutoCAD, SolidCAM, EdgeCAM, entre outros. Cursando ensino superior em Engenharia Mecânica.
Leia mais

Leia também

Comentários (0):