Como exportar arquivos do SolidWorks para outros softwares con IGES e STEP

Arquivo no formato IGES

Se você trabalha na área de projetos ou setores relacionados, onde estamos a todo momento enviando e recebendo arquivos de softwares diversos, provavelmente você já passou pela situação de receber um arquivo e não conseguir abri-lo. E se você está iniciando nessa área e ainda não tem o conhecimento necessário, é bem provável que você vai passar por essa situação.

Nesse artigo vamos falar sobre alguns aspectos relacionados a exportação de arquivos de softwares CAD (computer aided design), mais especificamente do software SolidWorks. Porém esses conceitos poderão ser aplicados também à outros softwares de modelagem tridimensional como: SolidEdge, CATIA V5. Inventor e etc.

Versão do software

A versão do software não costuma atrapalhar a exportação de arquivos, porém, pode e vai influenciar muito na abertura de um arquivo, você já reparou que as vezes ao abrir um arquivo aparece uma mensagem falando que a versão não é compatível, ou simplesmente o software não reconhece o arquivo.

Isso acontece quando o arquivo foi criado em uma versão mais atual do software e você está utilizando uma versão antiga. Por exemplo, é comum termos problemas para abrir um arquivo do SolidWorks 2015 no Solidworks 2012, normalmente o arquivo não abre, e se abre pode vir cheio de falhas. Por outro lado você não terá problemas para abrir um arquivo de uma versão antiga em uma versão atual.

Porque isso acontece? Quando é lançada uma nova versão do software são feitas várias melhorias e ajustes no código fonte do programa, para que esse tenha um melhor desempenho, até mesmo algumas novas funções e ferramentas são adicionada. As versões mais antigas do software não reconhecem estas modificações. Por isso o arquivo não abre.

Já uma versão mais recente consegue abrir sem problemas os arquivos de versões anteriores, uma vez que essa versão já é programada para reconhecer as características das versão antecessoras.

Exemplo gráfico:

Exemplo de versões de software e arquivos

Formatos mais usados para exportar arquivos 3D

Muitas vezes um projeto é desenvolvido por diferentes empresas, isso é comum na indústria e em outros setores que necessitam de projetos tridimensionais. Porém nem sempre essas empresas utilizam o mesmo software para desenvolver sua respectiva parte do projeto e isso acaba gerando um problema no compartilhamento de arquivos entre as partes envolvidas no projeto.

Para facilitar esse compartilhamento de arquivos de diferentes plataformas CAD, uma ação muito utilizada é a exportação dos arquivos em um formato neutro, ou seja, um formato que é reconhecido pela maioria dos softwares e que permite manter grande parte ou a totalidade das características do modelo contido no arquivo.

Os formatos mais utilizados para exportação de arquivos tridimensionais são:

IGES – *(Initial Graphics Exchange Specification) é um formato de arquivo neutro criado para transferir dados de desenhos 2D e 3D entre sistemas CAD diferentes. O padrão IGES define os dois formatos de arquivo: ASCII de comprimento fixo, que armazena informações em registros de 80 caracteres e ASCII compactado. Os comandos IMPORTARIGES e IMPORTAR suportam somente o formato de comprimento fixo.

 STEP – *Formato do modelo padrão para o intercâmbio de dados de modelo do produto (STEP) é uma norma ISO para representação e intercâmbio de dados de fabricação de produtos (dados de CAD, assim como metadados) interpretada por computador. STEP é utilizado normalmente para trocar dados do modelo 3D entre diferentes sistemas de CAD. O comando IMPORTAR suporta versões STEP AP214 e AP203E2.

Veremos um exemplo de exportação de arquivo utilizando o software SolidWorks 2015.

Podemos encontrar a opção para exportar arquivos de duas maneiras diferentes, em alguns softwares no menu arquivos (File), terá a opção “Exportar arquivo”, simples assim.

Em outros, a exportação será feita através da opção “Salvar como”, onde você escolhe o formato, também conhecido como extensão do arquivo, em que você deseja salvar seu arquivo. No SolidWorks 2015 vamos utilizar a opção salvar como.

Exportando arquivo com SolidWorks 2015

Nesse exemplo o arquivo foi exportado em dois formatos, IGES e STEP, repare na extensão do arquivo logo após o nome.

Gostando do artigo? Conheça os Cursos de SolidWorks da Loja Cursosguru e adquira mais conhecimento!

Arquivos exportados

Esses arquivos, por estarem em um formato neutro, poderão ser abertos na maioria dos softwares tridimensionais.

Limitações dos formatos neutro

Apesar da facilidade de abrir um formato IGES ou STEP na maioria dos softwares 3D, esses formatos trazem algumas limitações. Uma vez que podemos simplificar dizendo que esses formatos armazenam apenas a aparecia do modelo, a forma geométrica e as cores que possam ter sido aplicadas na peça.

Então tenha em mente, que ao exportar um arquivo ou abrir um formato neutro no software de sua preferência, ele não terá o histórico de criação da peça ou montagem, a tão conhecida “árvore de projeto”. O que também pode ser uma vantagem na hora de enviar esse arquivo para alguém avaliar, pois dificulta qualquer tipo de edição.

Qual a diferença entre IGES e STEP?

Sem considerar os aspectos técnicos e de programação que envolvem esses dois formatos de arquivos, podemos dizer que basicamente a diferença está no tipo de elemento que cada formado utiliza para constituir a forma geométrica da peças.

Veja no exemplo, onde importamos para o software CATIA V5, os dois arquivos exportados do SolidWorks 2015.

O formato STEP exporta sua peça como um bloco sólido, podendo as vezes separar diferentes corpos ou peças de uma montagem em blocos distintos. Em raras situações também pode apresentar algumas superfícies.

Arquivo no formato STEP

Já o formato IGES, carrega a forma geométrica da peça como várias superfícies, podendo de acordo com software utilizado para importar, apresentar essas superfícies separadas ou unidas.

Arquivo no formato IGES

Alguns arquivos exportados no formato IGES apresentam falhas e ausência de superfícies no modelo, tornando assim o formato STEP o preferido e mais utilizado formato para transferir dados de desenhos 2D e 3D entre sistemas CAD diferentes.

* http://exchange.autodesk.com/autocad/ptb/online-help/ACD/2012/PTB/pages/WS73099cc142f48755-2173e65b12c3c6d3db5-6e6d.htm

* http://exchange.autodesk.com/autocad/ptb/online-help/ACD/2012/PTB/pages/WS1a9193826455f5ff-4e14fac512c3c6d4e7e-7eaf.htm

2 pensamentos sobre “Como exportar arquivos do SolidWorks para outros softwares con IGES e STEP

  1. Juarez Oliveira diz:

    Olá Mateus Henrique.
    Sua dica foi muito bem colocada, já passei por esse inconveniente, de receber arquivos, e não conseguir abri-lo.
    O chato disso é que temos que pedir para a outra pessoa reenviar em outro formato.
    Valeu para mais essa dica.
    Juarez Oliveira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *