Como o AutoCAD 2009 mudou a vida dos usuários até hoje

Desde a versão 2009 o AutoCAD adotou uma nova organização na sua interface que até a versão 2011 é mantida, nos moldes do Office 2007. Sendo assim encontramos mudanças no ambiente de trabalho como a remoção das barras de menu e ferramenta e como é aplicada a hachura. Neste artigo veremos o que foi adicionado ou removido no AutoCAD quando estas mudanças ocorreram.

Comparativo das versões AutoCAD 2008 e AutoCAD 2011

  • Barra de menus: até o AutoCAD 2008 as barras de menus eram exibidas na parte superior da interface. A partir do AutoCAD 2009 a barra de menu foi removida dando lugar ao Ribbon e ao Application Menu.
Antes e Depois - barra de menus (AutoCAD 2008) e Ribbon com Application Menu (AutoCAD 2011)
  • Barras de ferramentas: este é um elemento que também deixou de existir a partir do AutoCAD 2009. Agora todas as ferramentas de trabalho estão localizadas no Ribbon onde foram agrupadas em painéis e abas de acordo com as respectivas funções tornando assim mais fácil a procura dos comandos na interface. Essa mudança é semelhante a que ocorreu no Office 2007.
Antes e Depois - barra fe ferramentas (AutoCAD 2008) e Ribbon (AutoCAD 2011)
  • Hachuras: até o AutoCAD 2010 a configuração das hachuras era feita através de uma caixa de dialogo. No AutoCAD 2011 isso mudou. Agora a configuração das hachuras é realizada na própria Ribbon deixando assim o projeto sempre visível enquanto as modificações são realizadas.
Antes e Depois - caixa de diálogo hachuras (AutoCAD 2008) e Ribbon (AutoCAD 2011)

Mas com todas essas mudanças, não quer dizer que a Autodesk abandonou a interface tradicional. Ela ainda existe e pode ser ativada a qualquer momento simplesmente selecionado no seletor de ambientes de trabalho a opção AutoCAD Classic. Desta forma a interface retorna ao modelo antigo, com todas as barras de ferramentas e de menu sendo exibidas.

Como vimos, houveram muitas mudanças entre as versões anteriores as do AutoCAD 2009. Hoje a interface esta mais intuitiva e fácil de trabalhar mas há quem prefira a interface tradicional do AutoCAD. Neste tutorial vimos as principais mudanças na interface do AutoCAD, comparando o AutoCAD 2008 e o AutoCAD 2011. Vimos também como ativar o ambiente de trabalho clássico do AutoCAD nas versões 2009 e posteriores.

RelatedPost

4 pensamentos sobre “Como o AutoCAD 2009 mudou a vida dos usuários até hoje

  1. Marcio Cunha diz:

    Sinceramente não sei o que o sistema de ribbon pode vir a trazer de melhoria ou vantajoso para o usuário que já está habituado com o autocad.
    Se for um novo usuário não significa problemas, uma vez que a pessoa está começando do zero então não precisa se adaptar. Mas pra quem já usa o autocad há várias versões, foi uma mudança bruta que faz com que a pessoa fique perdendo um tempo imenso pra descobrir aonde foram parar os comandos.
    Usando a barra de ferramentas tradicional, temos todos os comandos mais usados num só lugar, contando ainda com a facilidade de personalizar os botões colocando os que realmente são necessários para cada pessoa. Sem falar que quem tem um ritmo rápido de trabalho, usa até mais os atalhos de teclado do que as barras de ferramentas.
    No ribbon, o usuário tem que ficar mudando de painéis para acessar a ferramenta que quer usar, o que não é nada prático. Isso aconteceu primeiro com o office 2007 que foi muito criticado por quem já estava habituado com as ferramentas tradicionais, tanto que até programas pra traze-las de volta foram criadas.
    Felizmente o autocad tem a opção de usar a o "AutoCad classic" nas workspaces.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *