Mental Ray: como usar o renderizador do 3ds Max

Como abrir o Setup do Render no 3ds Max

Em todo final de produção de um trabalho no 3ds Max é necessário que se faça uma renderização profissional. As renderização são cálculos feitos através de um algoritmo que é desenvolvido especialmente para determinado programa ou plugin e que resulta em ótimas imagens profissionais, já que a luz artificial também é introduzida ao cálculo. Existem muitos renderizadores para o 3ds Max, e os mais conhecidos e profissionais são o V-Ray e o Mental Ray.

Conheça o renderizador Mental Ray

O Mental Ray é um renderizador do 3ds Max mais comum de se usar e, por padrão do programa, já está instalado para ser usado. Quando o programa está instalado corretamente, devemos observar qual renderizador é o mais apropriado para o que iremos fazer. Existem determinadas tarefas e trabalhos produzidos, que devem estar de acordo com o tipo de renderizador, pois existem ferramentas que só funcionam corretamente caso este “casamento” esteja de comum acordo.

Antes de começar qualquer trabalho, é importante que se faça uma análise de qual renderizador irá utilizar até o final de sua produção. Você não deve, em hipótese alguma, escolher o renderizador Mental Ray e, no final de seu trabalho, escolher o renderizador V-Ray, pois todos os materiais irão apresentar algum defeito e a renderização não ocorrerá corretamente. Além disso, as luzes e os efeitos correm o risco de não se apresentar corretamente na cena. Então, se for trabalhar com renderização, com ótima qualidade e profissionalismo, é fundamental escolher o renderizador antes de iniciar a produção.

Logo abaixo, apresentaremos 5 passos para se definir o renderizador Mental Ray como padrão de suas renderizações.

Passo-a-passo de como definir o Mental Ray:

Como abrir o Setup do Render no 3ds Max

Veja na imagem acima que é uma tarefa bem simples. Basta clicar nesta opção marcada e pronto. Você tem outras duas opções para acessar o Render Setup: a segunda maneira é clicando na barra Rendering e escolhendo a opção Render Setup. A terceira opção é apertar a tecla “F10” do teclado. As três maneiras irão abrir a tela abaixo:

Onde fica o Assing Renderer no 3ds Max?

Agora você deve deslizar para baixo a barra no lado direto dessa caixa até conseguir visualizar a opção chamada Assign Renderer. Esta opção contém as configurações básicas de seleção do Renderizador de Produção, do Renderizador dos Materiais e do renderizador do ActiveShade. Lembrando que o ActiveShade é um renderizador em tempo real, que possibilita visualizar de imediato o que você trabalha, e fica posicionado em uma das Viewports.

O próximo passo é acessar essas configurações de renderizador, como mostra a figura abaixo:

Onde fica o Production do Assign Renderer no 3ds Max?

Normalmente, as configurações do Production já definem as configurações Material Editor, pois está marcado o cadeado em azul ao lado da opção do renderizador do Material Editor. Este passo contempla, então, você selecionar o renderizador padrão para as suas produções, para os materiais e o ActiveShade. Logo abaixo, você vê as outras opções de renderizador:

Como definir o Mental Ray como Renderizador no 3ds max?

Na lista que abriu ao lado você tem mais quatro opções, totalizando cinco opções básicas de renderizadores instalados no 3ds Max. O mais profissional é o iray, mas você precisa ter uma super máquina para poder usufruir desta opção de render. A segunda opção mais profissional é o VUE para vegetações e ambientes. Este render exige apenas um conhecimento avançado para inserir e trabalhar, pois também trabalha com arquivo e interface próprios (percebam que está escrito VUE File Renderer – Arquivo de Renderizador VUE). A terceira opção de render profissional é o Mental Ray. Não que as outras opções de render sejam ruins, mas as que são mais comuns de se usar em um ambiente profissional, são essas que foram citadas. O Default Scanline Renderer e o Quicksilver Hardware Renderer são os mais básicos. Muitos não gostam de utilizá-los por vários motivos, um deles é a forma com que o render é calculado.

Agora seu programa está corretamente configurado para utilizar o renderizador Mental Ray. Desfrute de cada momento com esse render, pois ele ainda é uma opção muito boa de se usada.

Se você tem interesse em se aprofundar no tema, existem vários cursos gratuitos no portal CADguru voltados às áreas de 3ds Max e Revit.

RelatedPost

3 pensamentos sobre “Mental Ray: como usar o renderizador do 3ds Max

  1. Antonio Paulo diz:

    Sou iniciante nos estudos em 3Dsmax, estava em duvidas sobre V Ray e Mental Ray, obrigado você me ajudaram com essa matéria, parabéns muito sucesso e um abraço.

    • CADguru diz:

      Olá Roberto,

      Atualmente não disponibilizamos de suporte para dúvidas técnicas. No entanto criamos um fórum exclusivamente para interação entre os usuários. Por gentileza, coloque sua dúvida técnica acessando: fórum, para que tanto os usuários, como a equipe CADguru e os autores dos cursos possam responder. Fique a vontade para compartilhar seus conhecimentos respondendo as perguntas dos outros usuários.

      Atenciosamente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *