Cadastre-se grátis
Receba novidades do CADguru: [x] Fechar
Prefere as mídias sociais? Acompanhe o CADguru:

Conheça os ambientes de trabalho do Inventor 2013

Postado em: 16/05/2012 Comentários (2)

O Inventor 2013 vem trazendo muitas novidades boas aos seus usuários, como sempre todos os anos a Autodesk, empresa que desenvolve o Inventor, procura implementar ao software novos recursos para facilitar a tarefa de projetar. Todo esse contexto é muito bom, mas ao mesmo tempo também pode se tornar um pouco confuso, isso porque em muitos casos os usuários do Inventor ainda conseguiram aprender a usar com total aproveitamento os recursos já existentes no software, dessa forma as inovações acabam ficando de lado e o método convencional e básico de trabalho predomina.

Sempre tive a opinião que antes de migrarmos para algo mais avançado ou mais completo, seja em qualquer dimensão de nossas vidas, é preciso primeiro tirar o melhor proveito possível daquilo que já temos em mãos. Não considero que seja ao contrário se tratando de softwares para projetos como o Inventor, há algum tempo a Autodesk já implantou em vários softwares de sua grande linha de soluções para o mercado de sistemas CAD, por exemplo, a barra de ferramentas ribbon com muitas funções que ainda não aprendemos usar.

Por esses motivos que cito acima apelo a todos os projetistas, engenheiros e desenhistas que se decidam primeiramente em conhecer as funcionalidades do software de forma mais avançada, esse é o primeiro passo para começar a usar tudo o que há de novo a cada ano no software. No módulo 2: Gerenciando arquivos e integrando o Inventor 2013 ao AutoCAD, vamos então falar das coisas que são imprescindíveis conhecer no Inventor.

A interface

O Inventor possui acredito eu, a interface mais amigável de todos os softwares de CAD que conheço atualmente, quando colocamos o ponteiro do mouse em cima de qualquer botão da barra de ferramentas superior, também conhecida como ribbon, além de aparecer escrito o nome e a funcionalidade do comando, também é exibido ao usuário uma aplicação do recurso em forma de animação explicando como o comando pode ser aplicado.

Como estava dizendo a pouco, para os que ainda não conhecem ou não associaram o nome à barra de ferramentas, temos na parte superior do software a barra ribbon que mantém organizados todos os botões que contêm os recursos usados nos vários ambientes do software. O comportamento da barra se altera ao passo que alternamos entre os ambientes de trabalho Inventor, isso é muito útil para que possamos saber quais são os comandos que podemos usar naquele ambiente específico.

Os ambientes de trabalho

Vou falar aqui dos ambientes que são essencialmente importantes conhecer para trabalhar no inventor, claro que existem muito mais ambientes do que citarei a seguir, mas se você deseja se tornar um grande profissional que utiliza o Inventor para desenvolver seus projetos, o primeiro passo consiste em conhecer muito bem os ambientes de trabalho principais do Inventor.

Ambiente de peça ou modelamento 3D

Ambiente de peça no Inventor 2013

O ambiente de peça ou modelamento 3D é um ambiente voltado para o inicio do projeto, ou seja, é ali que começamos a criar nossas ideias de forma mais concreta, nesse ambiente podemos esboçar num plano 2D nossa ideia que mais tarde vai se tornar uma forma geométrica 3D complexa. Como eu já disse, o ribbon nesse ambiente irá apresentar comandos úteis para esse ambiente, e por sinal são muitos comandos para facilitar a nossa vida.

Algumas outras características também peculiares podem ser notadas no ambiente de peça, o browser bar ou mais conhecido como árvores de projetos, exibe os recursos que usamos no desenvolvimento daquela peça em especial, isso torna mais fácil o fato de quando precisamos editar o modelo que estamos criando, por meio do browser bar podemos encontrar com facilidade o comando, e acessando o comando podemos modificar os parâmetros dele para alcançar as mais diversificadas intenções de projeto.

Ambiente de montagem

Ambiente de montagem no Inventor

O ambiente de montagem permite que após termos criado duas ou mais peças, possamos montá-las para melhor entendermos o projeto de forma abrangente. Esse ambiente possibilita ainda muitas outras funcionalidades, é por meio dele que conseguimos realizar simulações para verificar se o projeto é realmente sustentável e possui as especificações técnicas necessárias para cumprir aquilo que promete.

Apresentações para compreender melhor o funcionamento cinemático do projeto também são fáceis de serem criadas no ambiente de montagem, com isso podemos observar com precisão e realidade, por exemplo, se vai acontecer colisões indesejáveis entre dois componentes que se movimentam no projeto, esse tipo de análise nos permite realizar correções para que uma vez em campo, o projeto não venha a apresentar falhas podendo em casos colocar em risco a vida de pessoas.

Ambiente de desenho

Ambiente de desenho no Inventor

O ambiente de desenho é mais um ambiente de extrema importância quando estamos tratando da execução do projeto, falo isso porque nos locais onde trabalhei até hoje seria quase impossível treinar todo o corpo de colaboradores do setor de fabricação ou produção afim de que todos pudessem ter acesso ao projeto 3D para dimensionar os componentes que estão incumbidos de fabricar para que o projeto se torne físico.

Dessa forma se faz necessário criar desenhos 2D para que todos possam ter acesso ao projeto para realizar suas respectivas funções com relação à fabricação do mesmo, mas a criação desses desenhos deve ser feita com toda a segurança e eficiência que o Inventor oferece. A criação dos desenhos 2D é simples e rápida, no Inventor há a possibilidade de criar os desenhos de forma automatizada, sendo preciso apenas algumas configurações e alguns ajustes para isso.

Conclusão

Como puderam perceber, dominando os principais ambientes do software já possível desenvolver qualquer tipo de projeto, o Curso Básico de Inventor 2013 que o CADguru disponibilizou ensina a trabalhar com todos esses ambientes de uma forma dinâmica, buscamos descomplicar o aprendizado no software para que todos possam aproveitar o máximo tudo o que se pode alcançar com o Autodesk Inventor 2013.

Sobre o autor:

Thiago Gianaccini Projetista com mais de 14 anos de experiência prática em projetos e processos de fabricação em ferramentarias e grandes multinacionais na área automobilística. Formado em Mecatrônica Industrial pelo SENAI e Desenho Mecânico é especialista em desenvolvimento de produtos, moldes de injeção, máquinas e dispositivos.
Leia mais

Leia também

  1. je[email protected] em 14/02/2013:

    Olá gostaria de saber se o curso de inventor vai estar continuidade ao avançado??obrigado

    Responder
    • CADguru em 18/02/2013:

      Olá Jefferson,

      Muito obrigado pela sua sugestão, são sempre bem-vindas. Ainda não temos previsão para criação deste curso, mas vamos analisar. Sugira este e outros cursos através de nossa pesquisa: Sugira . Com base nas solicitações dos usuários novos cursos serão criados.

      Atenciosamente.

      Responder

Comentários (2):