Sequência para a criação de furação direta no Mastercam

Etapa 5 criação de furação direta no Mastercam

Conheça uma operação de usinagem básica para utilização do Mastercam e qual a sequência necessária para criação de um ciclo de furação direta, que geralmente é utilizada em furos de centro e também em furos em que serão necessários uma retirada constante de cavaco do furo que está sendo executado.

Etapa 1: Escolha da máquina padrão – Com o Mastercam e o modelo que executaremos o nosso processo de furação abertos, vamos primeiramente até o menu superior criar a nossa máquina de trabalho seguindo o menu tipo de máquina (machine type), depois fresamento (mill) e por último escolher a máquina padrão que o Mastercam disponibiliza para os usuários. 

Etapa 1

Etapa 2: Subcategorias de programação – Ao escolhermos a máquina de trabalho, automaticamente irá aparecer no nosso gerenciador de operações a máquina criada com as suas devidas subcategorias de programação.

Etapa 2

Etapa 3: Caminho de operação – Ao clicar com o botão direito em cima da nossa máquina de trabalho, localizada no gerenciador de operações, siga o caminho de operação de fresamento (mill toopaths) e depois na opção de furação (drill).

Etapa 3

Etapa 4: Quando clicarmos na opção de furação, automaticamente o Mastercam irá disponibilizar uma nova janela para definirmos o nome da operação de usinagem. Após definirmos esta identificação, devemos clicar em confirmar.

Etapa 4

Etapa 5: Depois de estabelecer o nome da nossa operação é a hora de selecionar o centro da nossa furação. Basta clicar no centro do furo que queremos usinar no próprio modelo.

Etapa 5

Etapa 6: Veremos nossa seleção porque o centro do furo clicado irá mudar de cor, com isto confirmado devemos clicar no botão de confirmação da janela de seleção.

Etapa 6

Etapa 7: Quando confirmarmos essa seleção vamos entrar na janela de configuração da nossa operação de furação direta. E a primeira informação que devemos especificar é o tipo de furação que será aplicada nesta operação.

Para este nosso ciclo vamos selecionar a opção furação (drill).

Etapa 7

Etapa 8: Em seguida, devemos definir a ferramenta que será usada na usinagem, podemos tanto criar uma ferramenta do “zero”, quanto selecionar a ferramenta da biblioteca de ferramentas do Mastercam, onde podemos encontrar todas as ferramentas padronizadas para usinagem.

Etapa 8

Etapa 9: Quando selecionamos a ferramenta, podemos observar que do lado esquerdo da nossa tela a opção ferramenta (tool) aparece como confirmada, e também vemos que temos na parte central da janela o nome de identificação da ferramenta selecionada e no lado direito todas as características dessa ferramenta.

Etapa 9

Etapa 10: Vamos clicar na opção de parâmetros de corte (cut parameters), para definir escolher qual o tipo de ciclo será aplicado.

Etapa 10

Etapa 11: Agora, devemos selecionar o ciclo de furação que sera aplicado nessa operação e as sua caraterísticas particulares, no nosso exemplo vamos selecionar a opção de furação direta (drill/counterbory).

Etapa 11

Etapa 12: E definir o tempo de permanência da broca no fundo furo (dwell), ou seja, temos que determinar  o tempo que a broca ficará parada no sentindo vertical, girando, ao chegar na profundidade final programada. Isso se for necessário.

Etapa 12

Etapa 13: Nesta etapa devemos seguir para a definição das alturas programada para a usinagem, vamos determinar a altura de segurança, a altura de retração, a altura do inicio da usinagem e a altura final da usinagem que é a profundidade da nossa furação. Esses dados, podemos tanto digitar manualmente o valor desejado nas caixas que estão na cor amarela, ou selecionar essas alturas pegando diretamente no modelo, clicando no botão que está ao lado das caixas amarelas e depois clicando na altura desejada do modelo.

Etapa 14: Agora devemos nos certificar das alturas selecionadas e principalmente nos seus sinais (positivo ou negativo) em referência ao ponto zero programado, e por fim apertar o botão confirmar para salvar as configurações de furação criada.

Etapa 14

Após concluir o passo a passo dessas etapas teremos como resultado o nosso ciclo de furação direta no Mastercam. No vídeo abaixo temos a simulação dessa operação de furação que acabamos de criar.


Neste artigo, vimos todas as etapas para criação de um ciclo de furação direta no Mastercam. Vale muito a pena aprendermos o máximo de operações de usinagem no software, pois quanto mais operações conseguirmos programar, mais preparados estaremos para trabalhar com qualquer tipo de produto.

Veja mais dicas no Blog CAD Guru e conheça os Cursos de Mastercam.

RelatedPost

3 pensamentos sobre “Sequência para a criação de furação direta no Mastercam

  1. Mauro Campos diz:

    Por favor, daria para postar alguns vídeos de programação de erosões a fio feito no Pitágoras
    ou me indicar quem possa me fornecer algumas aulas em vídeo

    At.
    Mauro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *