Cadastre-se grátis
Receba novidades do CADguru: [x] Fechar
Prefere as mídias sociais? Acompanhe o CADguru:

Como usar imagens alpha no renderizador Cycles do Blender – Parte 1

Postado em: 28/04/2014 Nenhum comentário

Assista o vídeo de apresentação de uma sequência de 3 artigos em que vou ensinar como utilizar imagens alpha no renderizador Cycles do Blender.

O que é uma imagem alpha?

A aplicação de imagens alpha em projetos de computação gráfica é um recurso amplamente usado, pois permite que algumas partes das imagens, como textura, sejam ocultadas da imagem final que se deseja obter. Em outras palavras, é possível deixar transparente algumas partes específicas das imagens, facilitando bastante o processo de criação.

Mas, antes de vermos na prática como é esse procedimento vamos entender um pouco melhor sobre o que é uma imagem alpha.

A imagem alpha tem uma característica específica chamada “canal alpha”, que define o grau de opacidade (transparência) dos seus pixels. Mas, não são todos os formatos de imagem que possuem essa característica, entre os mais conhecidos estão os formatos GIF e PNG, sendo o mais recomendado o PNG.

Sequencia de imagem com transparência.

O canal alfa pode ser visto como a quarta variante na definição da cor. É muito comum os editores de imagem mostrarem quatro elementos para definir uma cor: RGB e A que são o (R) Vermelho, (G) Verde, (B) Azul e o (A) Alfa. Todos são definidos entre [0 … 1] valores reais ou [0 … 255] valores inteiros ou [00 … FF] valores hexadecimais, onde o valor máximo para o elemento alfa significa que o pixel será totalmente opaco e o valor mínimo significa transparência total.

Interessou? Fique de olho no próximo artigo da série, que será publicado em breve aqui no blog do CADguru.

Sobre o autor:

Mateus Henrique Formado em Ferramentaria e Mecânica de manutenção pelo SENAI, trabalho com construção, manutenção e desenvolvimento de peças e ferramentas CDR para industria automotiva. Tive meu primeiro contato com softwares CAD em 2006, começando com Solidworks e AutoCAD. Logo em seguida migrei para o CATIA V5, que era o software utilizada na empresa que eu trabalhava na época, desde então estou sempre buscando conhecimentos em softwares 3D. Atualmente estou focado no desenvolvimento de materiais relacionados a software tridimensionais para web e cursando engenharia mecânica para aperfeiçoar os meus conhecimentos e me graduar na área.
Leia mais

Leia também

Comentários (0):